10 dicas para a futura mamãe

10 dicas para a futura mamãe

Por

Flavia Araujo Alves

Nutricionista

Especialista em Nutrição Clínica

Especialista em Obesidade e Emagrecimento

Mestra em Ciências da Saúde, com ênfase em alergia alimentar pediátrica

Instagram: @nutri4kids

Olá, mamães!

Como passaram o Dia das Mães?

Esse foi o meu primeiro. Eu e meu marido estamos “grávidos” de 13 semanas esperando um baby boy.

Como podemos amar tanto um serzinho tão pequenininho, né? E como “quem ama, cuida”, a gestante requer cuidados especiais.

Separei algumas dicas para vocês, vejam só!

Dica 1

Alimentar-se durante a gestação não é comer por dois. A mulher grávida precisa de, em média, 300 calorias a mais que uma mulher adulta.

Dica 2

Tome 15 minutos de sol por dia, antes das 09h ou após às 16h, para estimular a produção de vitamina D.

Dica 3

Consuma de 3 a 4 porções de leite e derivados. O cálcio desses alimentos é responsável pela formação e mineralização óssea do bebê.

Dica 4

Reduza ao mínimo o consumo de alimentos ricos em cafeína (café, chocolate, chá e refrigerante), além de serem estimulantes, se ingeridos em excesso, podem interferir no ganho de peso do bebê.

Dica 5

Consuma frutas e vegetais frescos. Mas se atente com a higienização dos mesmos para eliminar resquícios de terra e sujeira. Se for consumir cru, colocar esses alimentos em solução de hipoclorito de sódio por 15 minutos para eliminar possíveis parasitas que possam estar contaminando esse alimento.

Dica 6

Para reduzir o sintoma de náuseas e vômitos:

  • Aumente o número de refeições diárias,
  • Alimente-se em locais arejados,
  • Evite o uso de temperos picantes, frituras e alimentos gordurosos,
  • Evite deitar após as refeições,
  • Prefira alimentos sólidos,
  • Tome bastante líquidos entre as refeições.

Dica 7

Para reduzir o sintoma de azia:

  • Aumente o número de refeições diárias,
  • Aumente a ingestão de líquidos,
  • Consuma frutas com caldo.

Dica 8

Para reduzir o excesso de saliva:

  • Aumente o número de refeições diárias,
  • Evite chá, café, chocolate, álcool, frituras e alimentos gordurosos,
  • Substitua os alimentos que causam desconforto,
  • Eleve a cabeceira da cama,
  • Evite deitar após as refeições.

Dica 9

Para reduzir o sintoma de plenitude gástrica:

  • Aumente o número de refeições diárias,
  • Prefira alimentos na forma de papas ou purês,
  • Reduza o volume dos alimentos e, por isso, prefira os mais calórico,
  • Evite deitar após as refeições,
  • Use roupas largas, confortáveis.

Dica 10

Para melhorar o “intestino preso”:

  • Mastigue bem os alimentos,
  • Aumente a ingestão de líquidos.,
  • Aumente a ingestão de cereais integrais, frutas e verduras (fibras),
  • Prefira alimentos laxantes: abacate, abóbora, abacaxi, açúcar mascavo, alface, ameixa preta, amendoim, arroz integral, aveia em flocos, caqui, castanhas, couve, centeio, coalhada, feijão, farelo de trigo, granola, laranja com bagaço, leite, lentilha, mamão, manga, morango, melão, pimentão, quiabo, uvas, vagem,
  • Evite alimentos obstipantes: arroz branco, banana prata, batata inglesa, beterraba cozida, biscoito refinado, cenoura cozida, chuchu cozido, goiaba, maçã sem casca, maisena, mandioca, maracujá, pão branco, pera.

Beijos nutritivos,

Flavia Araujo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>