10 motivos para não oferecer açúcar antes dos 2 anos

10 motivos para não oferecer açúcar antes dos 2 anos

Por

Flavia Araujo Alves

Nutricionista

Especialista em Nutrição Clínica

Especialista em Obesidade e Emagrecimento

Mestra em Ciências da Saúde, com ênfase em alergia alimentar pediátrica

Instagram: @nutri4kids

Olá, mamães!

Uma dúvida que está presente em quase todas as famílias é: Posso oferecer alimentos ricos em açúcar ao meu filho?

Como todos sabem, os açúcares não são alimentos saudáveis e que estes são dispensáveis no processo de crescimento e desenvolvimento infantil. As balas, pirulitos, chocolate, iogurtes adoçados, bebidas açucaradas, refrigerantes fizeram parte da infância da maioria dos pais, tios e avós. E ninguém nega que esses alimentos agrada o paladar de 99,9% daqueles que experimentam. Então, se agrada e traz boas recordações, por que devo evitar que meu filho consuma alimentos açucarados?

Motivo 1

Já nascemos gostando de doce. O leite materno, devido à presença da lactose, possui sabor levemente adocicado e, portanto, não é necessário que alimentos ricos em açúcar sejam apresentados à criança.

Motivo 2

Não é possível sentir vontade de comer algo que não se conhece o sabor. Então, se seu filho vê alguém comendo doce, ele não sentirá vontade de comer porque não conhece o sabor. Ele até pode se sentir atraído pela cor do alimento, mas essa atração não é vontade.

Motivo 3

Aqueles alimentos que a criança conhece nos seus primeiros 1000 dias de vida (280 dias da gestação + 720 dias após o nascimento) irão influenciar os hábitos alimentares que irá possuir durante toda a vida.

Motivo 4

Açúcar predispõe ao desenvolvimento de cáries, principalmente quando a escovação não é eficiente.

 

Motivo 5

Ao preferir alimentos ricos em açúcar, a criança deixa de comer outros alimentos principalmente aqueles que garantirão crescimento e desenvolvimento satisfatórios.

 

Motivo 6

Alimentos ricos em açúcar são chamados de calorias vazias, ou seja, carregam calorias, mas não apresentam nutrientes necessários para nutrição humana.

Motivo 7

Justamente por apresentarem bastante calorias, esses alimentos predispões à obesidade, que hoje já é um problema de saúde pública no Brasil e em outros países também.

Motivo 8

As consequências do consumo elevado de açúcar nos primeiros 1000 dias de vida não se restringem a infância. Esses hábitos alimentares inadequados podem predispor ao desenvolvimento de hipertensão arterial, diabetes mellitus em qualquer fase da vida, inclusive na idade adulta.

Motivo 9

O excesso de açúcar mascara o sabor original do alimento fazendo com que a criança restrinja os alimentos que consome, o que denominamos de seletividade alimentar.

 

Motivo 10

Se gostamos de doce e o bebê já nasce gostando desse sabor, ao oferecer alimentos ricos em açúcar, estaríamos demonstrando carinho por essa criança. Certo? Errado!!! Existem outras formas de demonstrar afeto, pois oferecer doces não é prova de amor.

É normal querer oferecer doces às crianças pequenas, seja você ou outras pessoas, sei que não é fácil. Provavelmente, nada de muito grave irá acontecer se você oferecer ao seu filho açúcar uma vez ou outra, MAS CERTAMENTE irá trazer prejuízos na forma como ele se alimenta, além dos outros 9 motivos acima citados. Portanto, acredito que valerá a pena esperar 2 anos para oferecer esses alimentos.

Beijos nutritivos,

Flávia Araújo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>