2 anos e 10 meses de Valentina

2 anos e 10 meses da minha pequena grande menina!

Ah minha menina, 2 anos e 10 meses já! Contagem regressiva para os 3 anos. Você me surpreende com tanta maturidade, com suas associações loucas, mas que são ao mesmo tempo tão coerentes; que as vezes me assusto quando você se porta exatamente como deve ser: uma menininha. Me pego tantas vezes sem saber o que fazer ou o que te dizer. Eu achei que com o tempo eu fosse me tornar uma mãe melhor, mais sábia talvez. Mas a cada dia sou pega de surpresa. É tudo tão inesperado, seus rompantes de alegria, sua revolta a cada não me fazem questionar diariamente se sou o que você precisa.

Sei que já fui mais tolerante com você. É que ver sua irmã tão pequena, infelizmente me faz perder de vista que você também é um bebê. Sabe o que acontece minha filha, quando você for mãe, você irá perceber que não existe curso para mães. Podem tentar inventar algo parecido, mas só aprendemos a sermos mãe, sendo. Aprendemos com os acertos, e principalmente com os erros.

Aos 2 anos e 10 meses, você é cada dia mais presente. Impossível não notar sua presença! Você enche uma casa.Tenho a impressão que só agora você está descobrindo o verdadeiro significado da palavra ciúme. Sempre me perguntam se você tem ciúme da Isabela e respondo sem pestanejar que não. Mas terei que rever essa resposta. Com seu ar questionador, quer saber porque a Isabela pode dormir na minha cama e você não. Você quer saber porque ela pode ficar no colo em pé o tempo todo, e você não. E a lista não para por aqui, poderia ficar um dia aqui digitando todas as sua perguntas que sempre são tão difíceis de responder.

Esse mês foi difícil por aqui. Você ficou doente, ver você com dificuldade para respirar me fez lembrar o quanto a vida é frágil. Já tive muitos medos minha filha, mas o medo de perder você e a sua irmã são os que mais me atormentam. Agora você está na fase pós-doente. Toda mãe sabe o dengo que o filho fica depois que ele melhora. Muita paciência e amor, é o que estou fazendo.

Com 2 anos e 10 meses conseguimos ter muitos bons momentos, e percebo com alegria que eles tem sido a maioria. Tenho saudade de ficar só com você, e tenho muitos planos para só nós duas o mês que vem. Sei que você precisa disso. Mas em muitos momentos você consegue me tirar do sério, me faz contar até dez, às vezes até mil. Mas sigo firme no princípio de não te bater, e estou muito feliz com essa escolha. Espero com todo meu coração inspirar outras mulheres.

Você ainda não dorme a noite inteira, e eu fico sempre me perguntando o que eu estou fazendo de errado, como se você uma extensão de mim. Esse não dormir traz transtornos todos os dias, preciso voltar a sua irmã para o quarto de vocês, mas não sei como fazer isso. Nunca usei a expressão “não sei” tantas vezes em tão pouco tempo.

Valentina, você é meu maior combustível para tentar ser uma pessoa melhor. Você repete absolutamente tudo o que eu falo, quer vestir minhas roupas, quer usar minha maquiagem, acha que eu posso colocar seu pai no cantinho do pensamento! Quero ser um bom exemplo para você minha filha, mas quero que você saiba, quando um dia ler esse texto, que eu também erro. Erro tentando acertar. Amor eterno, mamãe.

“Pedro, eu tô perdendo a paciência com você!”

“Mamãe, eu já quero conversar. Eu já pensei na minha vida” (no cantinho do pensamento)”

“Ai ai, esses meus pobremas!”

“Mamãe, o seu esmalte é que cor?-Rosa choque Valentina. Ah, o meu é rosa choquinho!”

“Mamãe, porque você está passando maquiagem, você vai sair? -Não, estou esperando o seu pai chegar. Ah mamãe, você é a namorada do papai?”

“Minha filha, não cresce não, fica pequenininha. -Não mamãe, eu tenho que crescer pra dar conta de pegar os livros!”

“Mamãe, eu te amo muito. Daqui até no céu!”

“Mamãe, você pode comprar essa boneca? -Não filha, eu não tenho dinheiro. Então compra com o cartão!”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>