Dor do meio e o período fértil: dicas para engravidar

Você sabe o que é a dor do meio?

Sempre senti uma dor desconfortável no meio do ciclo, às vezes mais forte outras vezes mais fraca, mas não sabia o que era. Certa vez, por volta dos 20 anos senti uma dor que foi tão forte que cheguei ir a um pronto-socorro e depois de uma ultrassonografia disseram que era um cisto no ovário. Passou um tempo, refiz a ultra e o cisto não estava mais lá. Hoje acredito que o tal cisto maléfico na verdade era um cisto funcional, se tratava do corpo lúteo.

Quando decidi engravidar da Isabela pesquisei muito e ficou claro para mim que eu tinha a tal Dor do meio ou Mittelschmerz e isso facilitou muito. Tanto é verdade que engravidei na primeira tentativa.

Reuni algumas informações sobre o período fértil e a dor do meio. Essa leitura  poderá orientar quem deseja seu tão sonhado positivo (primeiro ou segundo) ou até mesmo evitar uma gravidez.

Mas antes disso, acho importante explicar exatamente como acontece a ovulação.

dor do meio ciclo menstrual

Quando a mulher menstrua inicia-se a indução de novos folículos para uma ovulação no período fértil da mulher. Na primeira fase os hormônios são liderados pelo estrogênio e FSH que fazem acontecer o crescimento do endométrio e também do óvulo em si.

ciclo_ovarico_areal

O dia da ovulação ocorre de 12 a 16 dias antes da menstruação. Algumas mulheres tem uma dificuldade em encontrar esse dia porque acreditam erroneamente que precisam contar 14 dias depois da menstruação. Não é assim que acontece já que nem todos os ciclos possuem 28 dias, por exemplo. É importante lembrar que a fase folicular e fértil variam, mas a duração fase lútea de uma mulher tende a ser a mesma. A fase luteal é a fase que se inicia depois da ovulação e dura até o dia anterior da próxima menstruação. Essa fase é muito importante, pois ocorre uma preparação para o ovo, que pode ou não se tornar fertilizado durante a ovulação. Se por exemplo a fase luteal não dure o suficiente, uma mulher pode ter uma recaída na fertilidade. Isso pode ocorrer em um aborto espontâneo do ovo fertilizado. Esta fase dura aproximadamente 14 dias, mas ela pode variar de mulher para mulher.

Você precisa conhecer o seu ciclo para descobrir qual é a média do seu período menstrual. É necessário saber qual será a data aproximada da próxima menstruação, subtrair 14 e ai teremos o dia aproximado da ovulação. Exemplo: considere que uma mulher tenha o ciclo menstrual total de 30 dias. Sua menstruação veio dia 15 de abril. Ela calcula que sua próxima menstruação será dia 15 de maio, então 15 menos 14 dá 01, o dia da ovulação será por volta do dia 01 de julho. Não se esqueça que o espermatozóide permanece vivo no organismo da mulher por até 72 horas e óvulo dura menos, de 12 a 48 horas.

Existem alguns aplicativos muito bons que nos dão uma média para esse período. Eu usava o Period Tracker.

period tracker

O ciclo menstrual possui 3 etapas: fase folicular, fase fértil e fase lútea. Em um ciclo normal de ovulação é muito comum acontecer estimulação de 10 a 20 pequenos óvulos e quando um deles se desenvolve mais rápido ou fica maior do que os outros pode se tornar um ótimo candidato para ser o óvulo folículo dominante. Esse folículo após crescer e amadurecer quando chega cerca de 21mm de espessura pode ser liberado pelo ovário então o LH (Luteinizante) entra em ação e sua subida faz com que o óvulo seja liberado

O muco cervical é uma secreção transparente, semelhante à clara de ovo, e alguns dias antes da ovulação já começa a ser eliminado via vaginal. Esta secreção deve ser colocada entre os dedos indicador e polegar e esticada ao máximo sem que se rompa, no dia em que ela estiver mais longa é o dia da ovulação. A capacidade de esticar se chama filância, então no dia de maior filância temos o dia da ovulação. Algumas mulheres relatam também que quando sente a filância a ovulação aconteceu no dia seguinte.

muco cervical

Se a mulher fizer a curva da temperatura basal medindo diariamente, pela manhã antes de levantar da cama a temperatura sublingual ou vaginal ou retal, durante 4 minutos e anotá-la. A temperatura tem uma pequena variação diária, mas no dia da ovulação desce ligeiramente e após a ovulação costuma subir cerca de meio grau em relação aos outros dias.

temperatura basal

Quando o óvulo é liberado finalmente para ser fecundado, a cicatriz que era antes folículo agora se torna um corpo lúteo. Essa cicatriz que antes ficava o óvulo passa a secretar progesterona para que o endométrio se mantenha grosso e assim possa abrigar uma possível nidação e assim a gravidez em si e essa fase do ciclo se chama fase lútea. O corpo lúteo é o principal secretor e por isso é tão importante que ele esteja ativo.

Corpo Lúteo em ovário humano (parte amarela superior e arredondada)

Corpo Lúteo em ovário humano (parte amarela superior e arredondada)

Muitas mulheres sentem a dor do meio quando estão ovulando. Algumas sentem somente uma pontada, outras sentem dores fortes. Na minha adolescência sentia só uma pontada leve, mas percebo que a dor foi aumentando gradativamente com o tempo. Ela é descrita como uma dor abdominal de um lado da parte inferior do abdome, que ocorre em mulheres durante ou perto do período de ovulação. Existem várias explicações para a causa da dor na ovulação. A dor pode ocorrer um pouco antes, durante ou depois da ovulação. Pouco antes da ovulação, o crescimento folicular pode esticar a superfície do ovário, causando dor. No momento da ovulação, ocorre a liberação de sangue ou líquido do folículo do óvulo rompido, e isto pode causar irritação na parede abdominal. Cerca de 20% das mulheres sofrem de dor na ovulação. A dor pode ser sentida de um lado em um mês e depois mudar para o lado oposto, ou pode ser sentida no mesmo lado por vários meses seguidos.


O Dr José Bento foi entrevista por Anna Paula Araújo Melo pela revista Corpo e Plástica sobre a dor do meio. O Dr. José Bento é ginecologista e obstetra dos Hospitais São Luis e Albert Einstein. Ele afirmou durante a entrevista que quando o quadro é doloroso e agudo algumas mulheres podem até sofrer uma cirurgia desnecessária, “só depois que descarto a possibilidade da dor do meio que recomendo a minha paciente a consulta com o gastroenterologista e/ou urologista”, alerta.

E Dr. Bento vai mais fundo na questão: “Faça exame clínico completo, ouça diferentes especialistas, pois a causa de um simples sangramento pode ser origem hormonal e fisiológica se for devido à ovulação”, explica.
Portanto, suspeite do especialista que fizer um diagnóstico sem avaliação detalhada.”Certifique-se de que aquela dor insuportável seja realmente pedras em seu rim. por exemplo”, aconselha.

Corpo & Plástica: por que no período da ovulação algumas mulheres sentem fortes dores?
Dr. José Bento: Essa dor decorre de irritação na membrana que recobre inteiramente o abdome, que se chama peritônio, causada por um pequeno sangramento ou pelo próprio líquido contido no folículo ovariano que acaba de se romper.

C&P: Qual a causa deste desconforto?
Dr. José Bento: Toda vez que a mulher vai ovular, há uma ruptura do folículo no ovário que poderá causar pequeno sangramento. Este sangramento causa irritação das alças intestinais e peritônio levando a mulher a sentir muita dor na região do abdome.

C&P : Como não confundir a dor da ovulação com cólica renal?
Dr. José Bento: Primeiro, o médico deve Ter certeza da origem da dor e saber da história clínica da paciente. Com os resultados dos exames na mão é comprovado que a dor é causada pelo período de ovulação e não provocada por cálculos renais, por exemplo. A dor do meio é fisiológica!

C&P: Por que a dor da ovulação é conhecida como dor do meio?
Dr. José Bento: Ela recebeu esse nome porque a maioria da s mulheres tem ciclos menstruais que variam de 28 a 30 dias e a ovulação acontece por volta do 14º a 16º dia, grosseiramente isto acontece no “ meio do ciclo”.

C&P: Como isto pode ser observado?
Dr. José Bento: Quando a mulher perde uma secreção mucóide (muco elástico e abundante com aparência semelhante a clara de ovo) pela vagina, e/ou quando há aumento da temperatura corpórea ( apenas 1º grau acima).

C&P: O que a dor do meio pode revelar para revelar para a mulher?
Dr. José Bento: O período que os ciclos ovulatórios acontecem. Explico melhor: a dor chama a atenção da paciente e do médico ao dizer que acaba de acontecer a ruptura do folículo, portanto a paciente está pronta para engravidar.

C&P: Mas esta dor tem cura?
DR. José Bento: Não, você pode usar uma medicação analgésica, como um antiinflamatório.

C&P: Como pode ser aliviada?
Dr. José Bento: Através do uso de métodos anticoncepcionais hormonais (pílulas, adesivos ou anel vaginal), que privam o ovário dos ciclos normais, não permitindo a ovulação e evitando o desencadeamento desta dor. (Fonte: Revista Corpo e Plástica)

2 thoughts on “Dor do meio e o período fértil: dicas para engravidar

  1. Maria

    Adorei o post. Bem completo. Obg

  2. Simplesmente adorei as dicas citadas aqui, realmente a infertilidade é um grande problema que afeta muitas mulheres e acredito que com um bom tratamento nós podemos conseguir o tão sonhado filho ou filha. Adorei seu blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>