Infância: a época em que todos os hábitos são estabelecidos

Tudo se inicia na infância!

“Deixa, ela/ele é muito nova/novo, quando crescer aprende!” Não, não aprende. Adolescentes não acordam com 15 anos achando super interessante arrumar um quarto. O hábito de organizar começa bem antes, aprendendo a guardar os brinquedos e ajudando nas tarefas domésticas. Tudo começa muito antes, já na primeira infância.

Da mesma maneira, a responsabilidade. Crianças devem ser ensinadas que durante a semana precisam ir para a escola, e no final de semana podem descansar, brincar e acordar a hora que quiserem. Isso fará toda a diferença para que ela não ache normal, lá adiante, faltar na escola.
Vejo que muitos pais preferem sempre comprar um brinquedo para cada filho, para que não precisem interferir em disputas. Afirmam com veemência, “esse é o seu brinquedo, e esse é o dela”. Depois se surpreendem porque seus filhos se tornaram adultos e adolescentes egoístas e individualistas.

O gosto pela leitura e a paixão pelos livros começa muito antes que a criança saiba o que são letras. O encantamento, deve ser proporcionado e apresentado pelos cuidadores. É ingenuidade pensar, que adolescentes no ápice da sua rebeldia se tornarão leitores com facilidade, se isso não for trabalhado na infância.

É aprendendo a dividir o brinquedo, que se ensina a generosidade. É aprendendo a esperar a sua vez, que se ensina a paciência e a tolerância. O cotidiano de uma infância oferece inúmeras possibilidades de crescimento, mas educar exige esforço e trabalho, de ambas as partes.

No entanto, é imprescindível ressaltar, que a cobrança dos pais e cuidadores devem ser coerentes com a idade dos pequenos. Nessa hora, o bom senso deve falar mais alto. Não espere que seu filho categorize brinquedos ou saiba esperar sem reclamar. É vital que os pais saibam dosar e equilibrar essas cobranças. Agindo dessa maneira, certamente a fase tão temida da adolescência não será tão turbulenta, e a fase adulta será permeada por bons hábitos.

Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele“. Provérbios 22:6.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>