Isabela, carta para você!

Carta para Isabela

Isabela, minha bebê… hoje você completa 1 aninho e escrevo essa carta para que você leia quando estiver com 15 anos.

Filha, eu sei que nem sempre eu serei sua heroína. Sei que em muitos momentos você achará que sou a vilã da sua história. Eu entendo você, eu sou mãe, mas também já fui só filha. O que eu quero é que você saiba que todas as minhas decisões relacionadas a você são sempre pautadas com muito amor. Eu não tenho dúvidas que irei errar inúmeras vezes, mas saiba Isabela que sempre será tentando acertar.

Em alguns momentos, você pode vasculhar fotos e se perguntar porque você teve algumas coisas diferentes do que a sua irmã teve. Eu não pude realizar fotos profissionais quando estava grávida de você, você não teve um quarto lindamente decorado para você, e você também não terá sua festa de 1 ano em um dos maiores buffet da cidade. Isabela, saiba que você nasceu em um contexto financeiro diferente, mas minha filha, acredite que eu (e seu pai também) sempre fizemos para você o melhor e tudo que estava em nosso alcance. Pode ser que talvez algumas pessoas pensem que meu melhor não foi grande coisa, mas não pense você assim. Tenha a certeza de que não faltou nada do que estivesse ao meu alcance para fazer para você. Até mesmo esse blog, foi pensando em poder ficar mais tempo com você. Meu bem, você usa as roupas da sua irmã, os sapatos, o carrinho e até os brinquedos eram dela. Mas, você também recebeu uma mãe “de segunda mão” e isso minha filha, acredite, é uma dádiva. Sempre respeitei cada segundo da sua vida nesse primeiro ano, e prometo respeitar cada momento da sua vida. Eu nunca comparei você com a sua irmã, também nunca tentei acelerar suas vivências como fiz com ela. Sabe Isabela, eu olho para você e deixo o tempo passar, apenas para reparar detalhes no seu lindo rosto. Conheço cada detalhe seu, da aparência à personalidade e acredito que isso se deve a paciência que tenho em relação ao tempo que já passa tão depressa. Eu não tenho pressa de ver você crescer.

Você chama a mamãe, o papai, a vovó e a babá (Valentina), mas incrivelmente consegue cantar sem falar nenhuma palavra da música. Balança a cabeça de um lado para o outro e parece uma bailarina quando escuta qualquer música. Hoje, 07/05/2015 você deu os seus primeiros passinhos segura de si, mas você já escalava a muito tempo. Não vou ficar admirada se você for alpinista no futuro, já que você parece gostar muito de altura. Com 1 ano você tem adoração por fios e sapatos, o que me deixa sempre alerta para o que você está segurando.

Isabela, com 1 ano você é uma bolinha de tão fofa! Chamo você de bebela bolinha, mas você não come muito bem. É extremamente seletiva e desde muito bebê já sabia fazer não com a cabeça. Eu espero que você não esqueça isso e saiba sempre falar não para o que não concorda. Eu espero que você tenha a força que tem agora. Eu sei que precisamos conduzir e esculpir essa força, mas eu fico admirada com os tapas diretamente no rosto de alguém que você dá quando alguém quer te obrigar a dar um beijo. Você é uma criança leve, mas ao mesmo tempo sabe ser impositiva quando necessário.

Com 1 ano você tem uma doçura intraduzível em palavras. O seu olhar é de uma entrega incomum para o mundo. Esse mundo que nem sempre te receberá tão bem, tem a bênção de ter você morando nele. Eu sei que você ainda distribuirá muita doçura por esse mundo afora, e eu vou sempre estar lá para aplaudir você… mesmo que muitas vezes você não me veja. Eu quero que você saiba que eu sou a sua amiga e você poderá sempre confiar em mim. Nosso relacionamento não está atrelado à sua irmã, nós temos um relacionamento próprio. Sei que você pode pensar que eu nunca fui só sua, mas eu preciso te dizer que contrariando à lógica existe uma parte de mim indivisível, e ela pertence a você. Existe uma parte minha que cresce com o seu tamanho e principalmente com as suas conquistas. Isabela, sempre haverá espaço para você. Não esqueça, eu sou sua mãe e sempre estarei disposta a te ouvir, não importa quantos irmãos você tenha.

Isabela, você tem cheiro de amor. Quisera eu poder guardar em um potinho esse seu cheirinho que acabei de aspirar. E se você tem cheiro de amor, você também inspira amor. Você me transformou, me fez ver uma força em mim que eu não sabia que tinha. Quando você nasceu, eu também renasci. Me reinventei, me refiz, descobri cores que não sabia que existiam. Eu pensava que já sabia tudo sobre maternidade, mas tive que humildemente assumir que eu não sabia nem um décimo e hoje sou mais honesta com minhas fraquezas e limitações. Isso tudo, graças a você. Você só precisou existir para realizar tudo isso em mim. E é por isso minha filha, que eu agradeço a você por ter feito de mim a sua mãe. Parabéns Bebela!

(Para ler sobre cada mês, clique na foto!)

Primeiro mês

1 mês

Segundo mês

2 meses

terceiro mês

3 meses

quatro meses

4 meses

5 meses

5 meses

6 meses

6 meses

7 meses

7 meses

oito meses

8 meses

nove meses

9 meses

IMG_8414

10 meses

onze meses

11 meses

Isabela 1 ano

1 ano

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>