Os 10 mandamentos da papinha do bebê

Mandamentos da papinha

Por

Flavia Araujo Alves

Nutricionista

Especialista em Nutrição Clínica

Especialista em Obesidade e Emagrecimento

Mestra em Ciências da Saúde, com ênfase em alergia alimentar pediátrica

Instagram: @nutri4kids

Olá, mamães!

Finalmente seu bebê poderá experimentar a infinidade de sabores que os alimentos nos oferecem. Nesse momento, ficamos realmente empolgadas e nem imaginamos que poderemos enfrentar alguma dificuldade.

mandamentos

Pensando nisso, elaborei os 10 mandamentos da papinha para evitar que as mamães passem por momentos difíceis.

1

SEMPRE PREPARARÁS A PAPINHA UTILIZANDO TODOS OS GRUPOS ALIMENTARES.

  • carne (bovina ou suína ou frango ou peixe),
  • cereal (arroz ou macarrão ou batata ou mandioca ou inhame ou cará),
  • proteína vegetal (feijão ou lentilha ou ervilha ou grão de bico ou soja),
  • vegetais (escolher vegetais de 3 cores diferentes).

2

SEMPRE COLOCARÁS 1 COLHER DE CHÁ DE ÓLEO (canola).

Nessa idade, as estruturas cerebrais ainda estão em formação e a gordura é o seu principal componente.

3

CUIDADO COM O SAL.

Se estiver gostoso para você provavelmente estará salgado para o bebê

4

NUNCA USARÁS TEMPERO PRONTO.

Estes produtos são ricos em gorduras e sódio. Sempre prefira temperos naturais (alho, cebola, salsinha, cheiro verde, coentro, manjericão, alecrim, orégano, hortelã).

5

SEMPRE AMASSARÁS A PAPINHA COM O GARFO.

Não é indicado bater a papinha no liquidificador ou passar na peneira. O objetivo aqui é que o bebê aprenda que cada alimento tem uma textura diferente.

6

NÃO MISTURARÁS A PAPINHA.

O bebê precisa associar o sabor e a textura a cada alimento. Ao misturar os alimentos, todos os dias a papinha tem cor, sabor e textura semelhantes podendo deixar a criança seletiva no futuro.

7

SEMPRE OFERECERÁS UM PEQUENO PEDAÇO DE FRUTA DE SOBREMESA.

Isso porque, a vitamina C da fruta ajuda a absorver o ferro de origem vegetal. Mas lembre-se, um pedaço pequeno é suficiente.

Number 8

JAMAIS OFERECERÁS BEBIDA JUNTO COM A REFEIÇÃO.

A bebida, seja suco ou água, tem poucas calorias, mas preenche espaço na barriguinha do bebê. Então, precisamos garantir que estamos oferecendo a quantidade de calorias e nutrientes suficientes para aquela refeição.

9

SEMPRE VARIARÁS OS ALIMENTOS DA PAPINHA.

Cada alimento tem uma cor e consequentemente uma variedade e quantidade de nutrientes diferentes. Para que seu bebê aceite bem os alimentos de forma geral e esteja nutrido, variar é fundamental.

10

NUNCA DESISTIRÁS DE OFERECER A PAPINHA IDEAL.

Mesmo diante das dificuldades, o importante é nunca desistir. É preciso que a criança entre em contato com aquele alimento de 8 a 10 vezes para chegarmos na conclusão de que ele não aceita esse alimento.


Lembrando que esses mandamentos seguem o modelo de papinha ideal e que nunca é tarde para corrigir.

Beijos nutritivos,

Flavia Araujo Alves

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>