A primeira vez que vi essa pintinha…

Um dia quando você for adulta, estará usando seu salto alto ou seu belo tênis de corrida. Uma linda sapatilha de dança talvez? Pode ser que você use aquelas tornozeleiras que toda menina coloca quando vai a praia, ou uma delicada e fina de prata. Talvez você não goste de adereços, quem pode prever? Ninguém pode.
O que sei é que em um dia qualquer você me dará um beijo e vai dizer “tchau mãe, não me espere para dormir!”. Você vai virar as costas, vou olhar seu tornozelo não mais cheio de dobrinhas e vou lembrar a primeira vez que vi essa pintinha. Você não vai entender porque estarei tão emocionada, vai me olhar um pouco aturdida. Mas seu coração vai entender como cada pedacinho seu é e sempre será muito amado Sophia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>