Projeto Mamãe em boa forma

E o que é estar em boa forma?

Dia desses, tudo parecia desorganizado (da casa à minha cabeça). Nenhum cochilo tinha se encaixado, as meninas elétricas e irritadas (eu muito mais). Birras homéricas para a mais velha tomar banho, todos os brinquedos barulhentos demais e parecia demorar uma eternidade para o marido chegar do trabalho. Deitei no tapete na esperança de descansar um pouco, a caçula se aninha em mim solicitando ser amamentada. Tudo bem, sento para saciá-la. Puxa meu peito, aperta com a gengiva tentando coçar os dentes e dói. Começo a sentir aquele cansaço característico do início da mamada, lembro que não comi nada. Ela me olha e eu sinto tanta paz naquele olhar, me pergunto porque eu estou tão irritada, é que na última semana eu dormi menos do que quatro horas. Meus pensamentos são interrompidos com um chamado: “Mamãaaae: eu fiz cocô.” Isabela ainda mamando, eu sei que tenho que deixá-la porque Valentina precisava ser limpada. Fico um pouco parada e saio de mim, parece que estou me olhando do lado de fora. Eu só consigo pensar: estou com saudades de mim. Quem me acompanha sabe do valor e amor que tenho para com a minha família, mas eu não tenho mais o semblante calmo e despreocupada de quando eu tinha 20 anos, Eu não tenho o frescor da liberdade de quem não tem filhos. Eu não sou só minha. Se eu mudaria a vida que tenho para voltar ao que um dia eu fui? De jeito nenhum! Minha família é a minha vida, mas isso não muda o fato de que eu ainda existo e tenho necessidades por vezes distintas das minhas filhas. Eu preciso ter minutos de solidão para continuar sendo uma pessoa sã.

Eu não sei colocar em palavras, mas basicamente eu não me acharia uma pessoa interessante atualmente. Não é meu marido, ou qualquer outra pessoa que acha, estou falando da minha concepção de mim  mesma (que para mim é a mais importante). Mas eu cansei de ficar reclamando da situação e não fazer nada a respeito. Por isso, comecei a colocar minhas resoluções de ano novo em prática! Já fui a um otorrino e estou esperando a autorização da prestadora para realizar uma tomografia, fui a um endócrino e uma bateria completa me foi pedida, amanhã já tenho uma consulta com um oftalmologista para ver o meu grau que certamente depois de quatro anos estará irregular.

Começo também um projeto muito bacana com a nutricionista Sônia Lourenço e vou postar tudo aqui: é o Projeto mamãe em boa forma! Algumas pessoas que eu comentei por alto desse meu projeto, já me falaram : ah, mas você é magra, que boa forma você quer?! E quem disse que boa forma está relacionada ao peso? Sou sedentária, me alimento mal, durmo mal, que boa forma eu poderia estar? Quero comer melhor, e principalmente quero me sentir saudável. Já estou com atestado em mãos para me matricular na academia, hoje já até fiz uma caminhada que me fez muito bem! Coloquei fones de ouvido e escutei minhas músicas preferidas. Foi uma hora só minha e ela fez muita diferença no meu dia! Vejo que esse momento não será bom somente para mim, mas para todos que convivem comigo.

E a boa forma não ficará somente com corpo, quero colocar em forma minha mente  também. Vou regularizar minha situação frente ao Conselho Regional de Psicologia, quero ficar com meu CRP ativo, seja para trabalhar ou para me atualizar. Faz tempo que quero fazer uma especialização e nunca parece haver tempo suficiente. Já cheguei a conclusão que esse tempo extra nunca chegará e sou eu quem terei que fazê-lo aparecer. E para completar as novidades fui a auto-escola e reiniciei meu processo de habilitação, a pauta já estava quase vencendo! Terei que refazer a prova de legislação, mas tudo bem!

O ano novo realmente começou! E quero convidar você a vir comigo, a colocar planos em prática  e sair do mundo das ideias. Pegue a sua listinha de ano novo e comece a pensar em meios de realizar os objetivos que você traçou. Nessa mesma data, no ano que vem quero contar tudo que deu certo esse ano mas pra isso preciso começar agora! Quero muito ter companhia para dividir esse momento que será de realização. Vamos juntas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>