Recém-nascido: dossiê com as dúvidas que eu tinha

Dossiê recém-nascido

Quando a Valentina nasceu, eu tive muita dificuldade para saber o que ela estava sentindo. Como saber se ela estava com frio, com fome, com cólica ou querendo apenas ficar pertinho de mim? Na maioria das vezes eu dava o peito, que resolvia quase todos os problemas, já que ela em geral se acalmava. Mas isso acarretou um problema, a Valentina começou a mamar praticamente de hora em hora, golfava muito e desconfiamos que ela tinha refluxo mas hoje vejo que ela só mamava demais e por eu ter hiperlactação agravava a situação. Além disso, ela acostumou a só dormir mamando.

Com a Isabela já não tive tanta dificuldade, porque já tinha aprendido algumas coisas, mas eu gostaria de te aprendido antes assim não teria ficado tão angustiada! Vou falar das minhas principais dúvidas e as conclusões que cheguei.

Por isso preparei esse Dossiê com as dúvidas que eu tinha, pode ser a de uma mãe de primeira viagem também.

Temperatura do bebê

Essa foi uma das minhas maiores dificuldades! Eu sou muito friorenta e sempre tive a concepção de que bebês sentiam muito frio. Eu colocava tanta roupa na Valentina que hoje vejo as fotos dela e morro de dó porque ela está sempre transpirando! Tanto é que ela teve muita brotoeja e ao levarmos ela no pediatra ele me alertou dizendo que ela também sentia calor. Mas como saber quando o bebê está com frio?

No primeiro mês o recém-nascidos não conseguem regular a temperatura, por isso a dica  é sempre colocar uma peça a mais de roupa do que você está usando; isso em se tratando de recém-nascidos. Mas depois que estão maiores vale você observar o bebê, Valentina era muito gordinha (assim como Isabela é hoje) e ela transpirava muito.

Uma dica válida é verificar sempre partes do tronco como peito e costas, verificar as extremidades não é correto já que normalmente são mais frias. As mãos e pés ficam gelados, porque a circulação do sangue não é completa nas extremidades do corpo. Mas isso não é sinal de que ele está com frio. Outro erro é agasalhar a criança quando ela está suando frio. Para resfriar o corpo o bebê transpira e fica com a pele gelada e um pouco molhada, e muitas vezes acreditamos que ele está com frio. Quando a criança está realmente com frio ela fica com a pele seca e fria.

Quando os bebês estão mamando é normal a cabeça ficar bastante suada. A cabeça é a região mais quente do corpo de um bebê e durante a amamentação o bebê fica cansado e transpira nas regiões mais quentes como cabeça e pescoço.

Por fim, uma dica que a enfermeira me disse era para medir a temperatura do bebê. Se ele está com calor é fácil perceber, já que ele está suado, e se ele estiver com frio? A temperatura estará por volta dos 35.

Brotoeja

Quando o bebê está com muito calor, várias bolinhas vermelhas aparecem parecendo espinhas. Normalmente elas desaparecem quando a pele é refrescada depois de alguns dias. Uma dica simples é dar o banho com um pouco de Maizena na água.

Cólica

Acredito que muitos sintomas são confundidos com a cólica. Principalmente porque todos que vem nos visitar e escutam uma criança chorando dizem logo: é cólica! Pessoas que não tem tolerância ao choro não deveriam visitar recém-nascidos. Recém-nascidos choram! Nos primeiros dias os bebês não tem cólicas, as cólicas aparecem só por volta dos 15 dias e fazem parte do processo natural do desenvolvimento gastrointestinal da criança e geralmente desaparecem por volta do terceiro mês. O choro da cólica é um choro agudo e não passa, ela parece espremer o corpinho. A criança chora por volta de três horas geralmente no mesmo horário.

O mais difícil é a sensação de impotência de não poder aliviar o sofrimento do bebê, por isso o primeiro passo para aplacar a cólica é se acalmar. Sua ansiedade só piora a situação, acredite, as crianças conseguem captar as emoções dos adultos. Muitas vezes você tentará tudo e nada adiantará, mas você pode tentar um banho morno de balde para que a criança fique na posição fetal, compressas mornas nas barriguinha, movimento de bicicletinha, massagens no sentido horário. Mas muitas vezes, você não conseguirá fazer nada disso porque o bebê estará muito irritado, por isso apenas fique em um ambiente calmo, escuro, com uma música suave com o bebê aconchegado. Dance com ele. Isso o fará se sentir seguro e remeterá ao útero materno. Faça isso sem ninguém por perto com olhar questionador e que queira tirar o bebê de você para acalmá-lo. Valentina não teve cólica e Isabela teve cólica três vezes apenas, e minha experiência é que medicação contra gases faz pouco (ou nenhum) efeito. Essa é uma informação muito contraditória e não existe nenhuma comprovação científica, mas eu eliminei algumas alimentos da minha dieta e foi efetivo em relação às cólicas. Como funcionou com a Valentina, repeti com a Isabela. Mas como disse, não há nenhuma pesquisa nesse sentido para verificar se foi apenas coincidência.

Umbigo

Como é difícil cuidar de um umbigo de um recém-nascido! Ainda mais pela primeira vez! O umbigo da Valentina demorou 17 dias para cair, o da Isabela menos do que uma semana. Acho que a confiança e paciência fez muita diferença, mas eu já estava ficando desnorteada porque o umbigo da Valentina não caia. Todas as pessoas tem a mania de perguntar a uma mãe recém-parida se o umbigo já caiu! O primeiro passo é ignorar crendices populares, umbigo se cura com álcool 70% e hastes flexíveis (cotonetes), não precisa de nada mais. Descarte as faixas, os fumos, os esparadrapos. Apenas limpe com delicadeza em cada troca e não se preocupe porque não dói, a criança sente o frio do álcool mas não a dor. Mas se a região do coto ficar vermelha e com secreção branca o local pode estar infeccionado e o melhor é a avaliação do pediatra. Algumas criança desenvolvem hérnia (estufamento), mas geralmente ela desaparece espontaneamente. Com a Valentina foi assim e não precisou de cirurgia, mas mais uma vez só o pediatra pode identificar.

Quantidade de leite, como ter muito leite?

O leite materno é produzido sob demanda, isto é, o corpo produz a quantidade de leite que necessita. Sendo assim, quanto mais o bebê suga, mais você o produz. Procure oferecer o peito com frequência, esqueça essa história de três em três horas. Amamente sempre que achar que deve. Beber muito líquido (pelo menos de oito a dez copos por dia) e repousar entre as mamadas é fundamental. Eu percebi que chá de erva doce, camomila e cidreira aumentam consideravelmente meu leite. O estresse e cansaço também interferem na produção. Outro ponto importante de dizer, é que depois de um tempo as mamas não ficam mais ingurgitadas (empedradas), já que o corpo vai se adequando a produção. E é bom lembrar que 80% do leite é produzido durante a mamada. Ou seja, as mamas não são depósitos, são fábricas!

Posições para amamentar

Normalmente só conhecemos a posição tradicional para amamentar, mas nem sempre ela é a melhor para o seu caso. A Valentina por exemplo, foi amamentada nos três primeiros meses na posição invertida.

Achei essa imagem bem legal no Borboleteis:

recém-nascido amamentação

E de quanto em quanto tempo amamentar? É normal meu bebê querer mamar o tempo todo?

Se você verificou as fraldas, temperatura, o bebê não parece estar com cólica ofereça o seio. Ah, mas eu dei mamá não tem nem uma hora! E alguém tem fome como um reloginho? Outro ponto relevante, é que o bebê não mama somente para saciar a fome, mas para saciar a necessidade de contato físico que ele tem.

Arrotar

Tem mesmo que colocar pra arrotar? Tem. Mas nem todas às vezes o bebê irá arrotar, porque depende da quantidade de ar que ele ingeriu durante a mamada. Mesmo quando o bebê não arrotar, deixe-o na posição inclinada por no mínimo dez minutos, para evitar refluxos. E até quando devo colocar pra arrotar? Geralmente o bebê já consegue arrotar sozinho por volta dos seis meses.

posições para arrotar

Unhas

Que atire a primeira pedra a mãe que não cortou as unhas transpirando e prendendo a respiração! São muito pequeninas, por isso é mais fácil usar kits específicos para bebês. Nos primeiros 15 dias eu preferi não cortar e colocar uma luva, e só depois cortamos esterilizados com álcool 70%.

Nariz

Nos primeiros dias o bebê parece estar sempre com o nariz entupido, principalmente quando nasce de parto cesariana. Nas farmácias vendem soluções prontas, o importante é usar de forma abundante para soltar as secreções e desobstruir a passagem do ar. Quanto mais ‘líquida’ fica a secreção, mais facilmente ela é liberada. Quando o muco está muito grosso você pode retirar com um aspirador nasal. Existem vários tipos, elétricos e manuais. Eu usei o da NUK manual e achei muito eficiente.

nuk

Banho

Esse era um dos meus temores quando estava grávida! Como dar banho em um recém nascido? Começo dizendo que existem muitos vídeos no youtube, mas só a prática facilita o processo. Arrume tudo, sabonete, toalha, água em uma temperatura boa (use um termômetro para banho enquanto não tiver confiança, a água deve estar entre 36,5º e 37º em um ambiente fechado e sem corrente de ar). Deixe as roupas, fraldas, pomadas, álcool e cotonetes arrumados no mesmo cômodo, evite trocar o bebê de local depois do banho.

A parte que eu tinha medo era de virar o bebê para lavar nas costas, até que pensei… e porque é que eu preciso virar? Então comecei a dar banho de um só lado e eu mesma lavava nas costas. Ninguém rolou na lama, não tem nada muito sujo! Algo que me ajudou muito foi deixá-las com luvas durante o banho e só no final retirá-las. Elas ficavam mais calmas e não tentavam puxar os cabelos. As crianças tem essa necessidade de contato, e quando você retira tudo de uma só vez o banho tende a ser mais complicado. Mas depois que experimentei as luvas e deu certo foi uma delícia! Outra coisa, recém nascido não precisa de xampu e de condicionador, com um sabonete você pode lavar tudo. Eu achava mais fácil os de barras para não ter que abrir a tampa, mas muitas pessoas gostam de sabonetes líquidos que podem ser usados da cabeça aos pés.

Se você ainda assim não se sente segura, pode dar o banho aos poucos. Enrole o bebê em uma toalha e sem molhar seu corpinho lave a cabeça e passe apenas água no rostinho. E depois retire a toalha e dê banho no resto com as mãos, não se usa bucha em recém nascidos.

Troca de fralda

Parece difícil para quem nunca fez, mas não é. Com o tempo você trocará fraldas de olhos fechados. Existem marcas específicas para RN que marcam a quantidade de xixi, avisam se a fralda está cheia ou não.  Mas você sente a fralda enchendo, é visível. Já falei minhas considerações se vale ou não a pena fazer chá de fralda. Com a Valentina eu trocava a fralda de duas em duas horas, mas não é necessário. Usar ou não usar pomada? Sempre usei. Mas cuidado, existem pomadas com óxido de zinco e nistatina que não para ser usadas diariamente, mas apenas para tratar assaduras. Dica: quando a fralda começar a vazar muito, pode ser a hora de passar para um tamanho maior (mesmo quando no pacote diz que não!). Não use talco, além de ser desnecessário comprovadamente apresenta riscos para o bebê.

Crise Genital em meninas

Quase morri do coração quando vi uma manchinha rosa na fraldinha da Valentina e saiu um pouco mais quando fui limpá-la. O pediatra nos acalmou, dizendo que era “mini” menstruação (nome científico -Crise Genital) ocorre em bebês recém-nascidas nos primeiros dias após o parto. Acontece devido aos hormônios femininos da mãe e desaparece espontaneamente de 1 a 2 dias.

Quando levar o recém-nascido à primeira consulta?

Com uma semana de vida para que o pediatra possa avaliar o desenvolvimento e peso do bebê.

E esse coração que bate rápido assim?

É normal o coração do bebê bater muito mais rápido do que de um adulto, assim como a respiração acelerada. A quantidade de sangue que este pequeno órgão tem de bombear para o corpo é muito grande – e a circulação fetal ainda está em adaptação. De acordo com Teresa Uras Belém, pediatra do Hospital Samaritano, em São Paulo, a frequência cardíaca de um bebê nesta fase varia de 120 a 150 batimentos por minuto.

É normal a pele descamar?

É normal. Isso aconteceu com minhas duas filhas nas mãos e nos pés, não se preocupe com isso. Não incomoda o bebê e só passe algum emoliente caso o pediatra receite.

É normal o cabelo do bebê cair?

Sim, é normal. Principalmente nos lugares em que ele fica deitado ou encostado por mais tempo (atrás por exemplo).

Quando posso sair com o bebê?

É prudente esperar os três meses para ir em lugares fechados e aglomerados. Mas não existe nenhum mal em ir para uma praça ou um parque com um bebê recém-nascido. Faz bem para o bebê e para você também.

Selecionei as principais dúvidas que lembrava, mas se você é mãe de primeira viagem e chegou até esse tópico e não encontrou o que procurava, é só me perguntar que eu tento responder!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>