Sobre Isabela

A mais doce de todos os seres. Isabela tem uma doçura que é só dela.
Desde a primeira vez que eu olhei em seus olhinhos eu soube que ela era a paz que me faltava. Eu que tive medo de não saber dividir meu amor, vi que não precisava dividir nada. (Re) descobri um amor muito mais calmo, sereno, sólido e transformador. Nada de angústia, só amor. Ela trouxe de volta meu equilíbrio, meu eu, minha força, minha identidade. Foi a Isabela que sem saber me mostrou que eu poderia ser mãe e muitas outras coisas ao mesmo tempo.
Seus olhinhos sempre foram brilhantes, sua gargalhada é sonora, sua voz é quase colorida, ela tem um cheiro de amor.
Fala que me ama todos os dias, pede para fazer carinho em meu rosto, me enlaça em seus pequenos bracinhos e me enche de beijos várias vezes ao dia.
Não tem como alguém não se encantar com Bebela, nunca vi alguém não sorrir junto com ela ou se desmanchar em seu “bebelês”. Existe uma certa magia que caminha junto de seu pequeno corpinho e quem passa perto dela sempre sai um pouco melhor. E quanto a mim? Eu melhoro a cada dia só por ela existir. Um amor tão grande que sabe a força que tem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>