Terrible Two: a adolescência da infância

Terrible Two: Os terríveis dois anos! Tênis, calça e vestido. Principal lição do Terrible Two: decida por quais batalhas vale a pena lutar. Você sabe o que é o Terrible Two? Vou confessar aqui, eu achava que essa história de Terrible Two era uma grande besteira, coisa de mãe que gosta de problematizar tudo. Mas…

Veja Mais

Por que não devo bater no meu filho? (Parte 2)

Por que não bater? Por Carolina Faria Arantes CRP 34041/04 Mestre em Psicologia da Saúde – Processos Cognitivos / UFU Especialista em Terapia Cognitivo-Comportamental / UFU Pesquisadora na área da Prevenção e Tratamento de crianças, adolescentes e orientação de pais. Psicoterapeuta, professora e supervisora no Instituto Integrare – Uberlândia/MG Contato: carolfariaarantes@gmail.com ou carolina@integraretcc.com.br Site: www.psicologauberlandia.com Página Facebook: Psicóloga…

Veja Mais

Exemplo: como educar ou deseducar de acordo com o que você faz!

Eduque pelo exemplo, seja a pessoa que você quer que seu filho seja! A parte mais difícil sobre ter filhos, não é não dormir. A parte mais difícil é ser uma pessoa melhor, ser o exemplo de alguém. Você é o espelho do seu filho, quer você queira ou não. Somos modelos e tudo que…

Veja Mais

Infância: a época em que todos os hábitos são estabelecidos

Tudo se inicia na infância! “Deixa, ela/ele é muito nova/novo, quando crescer aprende!” Não, não aprende. Adolescentes não acordam com 15 anos achando super interessante arrumar um quarto. O hábito de organizar começa bem antes, aprendendo a guardar os brinquedos e ajudando nas tarefas domésticas. Tudo começa muito antes, já na primeira infância. Da mesma…

Veja Mais

Projeção dos sonhos dos pais em seus filhos

Você sabe o que é projeção? Nunca me vi em seus traços, em seus gestos, tampouco em seu comportamento. Ela gosta de barulho, eu prefiro o silêncio. Ela não gosta de ficar sozinha, eu sou o avesso da multidão. Ela nasceu despachada, eu sempre fui mais na minha. Ela não tem nada de mim, mas…

Veja Mais

Gaiolas, ninguém gostaria de viver em uma!

E se soltarmos um pássaro que viveu toda a sua vida em uma gaiola? Como é triste ver um animal preso em uma gaiola. É verdade que ele é alimentado e bem cuidado, mas nunca aquele ambiente fechado será suficiente para a sua felicidade. Se soltarmos um animal que viveu toda a sua vida encarcerado…

Veja Mais