Valentina aos 5

Valentina aos 5

Um dia, eu olhei para o céu e pedi alguém assim como ela. Valentina. Ela é meu sonho realizado… Ela é um dos seres mais especiais que eu conheci. Inteligentíssima, cuidadosa, amorosa… muito perspicaz e só fala o que quer falar. É tão transparente, que não precisa dizer quando algo a desagrada ou quando seu sorriso não está feliz. Ela não sorri de verdade quando não está feliz… Ela é verdadeira. Gosto tanto da sua companhia… assiste documentários comigo, lê do meu lado, gosta de segurar minha mão. É independente nas suas dependências, me faz lembrar de mim.

Ela é leal, me fala coisas que transpõe sua pouca idade. Me escreve sobre seus sentimentos, diz que acha que eu não sei o quanto ela me ama. Mas ela se engana em acreditar que seu sentimento por mim é maior do que o meu por ela. Como explicar para esse grandioso ser de apenas 5 anos que ela é meu começo? Como fazê-la entender que minha condição de mãe só pode existir porque a segurei pela primeira vez? Que quando eu olho pra ela eu sou toda amor? Eu não sou quem eu era antes dela.

Hoje ela ficou irritada quando o pai brincando riu das minhas injeções, estou com uma sinusite crônica. Ela me abraçou com tanta força que pude ver o quanto aquele cordão que um dia cortaram ainda está aqui tão presente em nós. Olhando esse sorriso forte e doce, só posso agradecer por ela existir. Que bênção ser sua mãe minha pequena grande mulher. ♥️

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>